Pensatempos

Orlando Figueiredo

Por uma política educativa racional

Deixe um comentário

O discurso da estabilidade nas políticas educativas é recorrente sempre que se muda de governo. Lá vem outro governo e tudo muda. E sim! Tem razão, quem assim contesta! De facto, na história da democracia portuguesa, esta situação tem sido uma constante. A alternância de governos entre laranjas (com variadas tonalidades de azule frequentes toques dourados) e rosas (agora um pouco mais avermelhados) sempre conduziu ao desenvolvimento de políticas educativas antagónicas, o que dificulta o estabelecimento de uma política consensual no campo educativo.

É claro que ambos os lados têm responsabilidades neste âmbito – tanto quanto eu saiba, nunca houve qualquer tentativa, por parte de qualquer partido político, de promover o diálogo e as negociações neste domínio da governação – o mesmo não se pode dizer de outros domínios governativos, como, por exemplo, o acordo com a troika ou a implementação de uma austeridade generalizada aos, já economicamente fragilizados, cidadãos portugueses. De facto, os únicos domínios da governação em que o PS e o PSD têm mostrado capacidade negocial são os da economia, na sua versão mais agressiva e desrespeitadora dos direitos de quem, com ou sem voz, os elege – naturalmente, que esta situação deixa muitos, tal como eu, com pouco espaço de manobra para apoiar os programas do PS, onde encontro, como é o caso da educação, um maior número de afinidades e reflexos (talvez as coisas estejam agora a mudar).

Mas, retomando o contexto educativo, do qual não me quero desviar, não poderei deixar de citar aqui uma das mais proeminentes personagens do PSD, a ex-ministra da educação, Manuela Ferreira Leite. Claro que quero recordar o imperdoável epíteto de rasca, com que ela catalogou toda uma geração, por lhe mostrarem o cu – como se houvesse alguma coisa de rasca num cu. O moralismo beato, não é nenhuma novidade no contexto do PSD ou do CDS (nem no contexto do PS –  não fora atual candidata a PR, Maria de Belém, ela própria uma moralista católica, célere na categorização e limitação dos comportamentos alheios). Manuela Ferreira Leite, numa entrevista recente que deu aos Gato Fedorento aquando da campanha para as últimas eleições legislativas, pergunta ironicamente a Ricardo Araújo Pereira se o BE tinha um quadro de referência teórico. Será, talvez, legitima a pergunta. Porém, eu coloco, sem qualquer ironia e com (pelo menos) igual legitimidade, a mesma questão em relação às políticas educativas do PSD. É que não se encontra, nos governos PSD das últimas quatro décadas, quaisquer referências teóricas no contexto das políticas educativas.

Nuno Crato, e as suas políticas cratinas, são a materialização mais recente (e mais bem conseguida) da ausência de um quadro de referência teórico, de um partido que regularmente governa Portugal neste campo. Um chorrilho de disparates opinativos, uma verborreia infundada e uma ideologia da opressão, foram os sustentáculos dos últimos quatro anos de governação PSD no campo educativo. Por isso, apesar de defender o estabelecimento de um consenso neste domínio governativo, fico feliz (mesmo ansioso) pela mudança que, obrigatoriamente, segue a tomada de posse de um governo PS.

Enquanto os governos PSD (no CDS não deposito qualquer esperança neste domínio) assumirem comportamentos ideológicos e fizerem da educação um instrumento ao serviço da oligarquia económica, ficarei sempre feliz e apoiarei sempre a mudança de políticas veiculadas (pelo menos até à data) pelo PS e espelhadas no discurso do Secretário de Estado, que, acima, ilustra este post.

Autor: Orlando Figueiredo

| Professor | Investigador | Ecologista | Ativista | Aprendente do mundo |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s